Como regularizar um escritório de Advocacia?

Como regularizar um escritório de Advocacia?      

O desafio da formalização dos advogados é algo que gera discussões extremamente polêmicas. O advogado, assim como outros profissionais liberais, pode atuar de forma autônoma e a partir de janeiro de 2016, individualmente. (Lei 13.247/16)

Linha do Tempo

Historicamente, após a graduação e aprovação no exame da Ordem dos Advogados, estes decidem entre se dedicar para concursos públicos, ou exercer a profissão em sua plenitude. Além do desafio inicial de resolver para qual especialidade irão oferecer seus serviços, o próximo desafio é a obtenção dos clientes! A tarefa de estabelecer-se enquanto um escritório não é fácil e desta forma, muitos preferem iniciar suas carreiras enquanto funcionários de grandes escritórios ou outras organizações.

Para os advogados mais empreendedores, cabe a este seleto grupo correr riscos e oferecer um serviço de extrema qualidade para obter a confiança dos clientes e quem sabe indicações futuras.

Temos certeza que você advogado se identificou com o relato acima. Obviamente, cada um de vocês está vivendo etapas e desafios particulares. Porém, todos se perguntam – qual o momento ideal para formalizar meu negócio, para Regularizar um escritório de advocacia? Independe do momento que você encontra-se, o período ideal de formalização do seu negócio é AGORA!

Para os que estão iniciando, o momento é propício devido à possibilidade de criação da Sociedade Unipessoal e aderência ao Simples Nacional – possibilitando o pagamento de menos impostos. Para os que já possuem escritórios ou trabalham na informalidade, o momento também é positivo, já que a Receita Federal está cruzando cada vez mais dados, multando e punindo profissionais que estão na informalidade e sonegando nos últimos 5 anos.

Mas, quais são os passos para a formalização do meu negócio?

Basicamente, as etapas para formalização são:

  • Elaborar e registrar o contrato social do advogado na OAB;
  • Registrar o CNPJ na Receita Federal do Brasil;
  • Registrar o alvará de funcionamento na prefeitura;
  • Registrar a empresa no INSS;
  • Registrar a empresa na Caixa Econômica Federal;
  • Emitir certificado digital e Nota Fiscal (eletrônica).

Conheça os custos para a abertura de uma Sociedade Unipessoal.

Construa seu patrimônio corretamente e evite problemas no imposto de renda! Se você precisa saber mais sobre como regularizar seu escritório de advocacia ou tem alguma dúvida, entre em contato conosco! Cuidamos de toda burocracia e abrimos sua empresa gratuitamente!

Posted in Contabilidade Especializada, Dicas LegaisTagged ,