A ALÍQUOTA DO SIMPLES NACIONAL: É TÃO SIMPLES ASSIM?

Nos últimos anos, a legislação do Simples Nacional sofreu algumas alterações importantes. Desde 2018 houve atualizações na forma de calcular a alíquota, nos grupos de serviços beneficiados, nos limites de faturamento anual para micro e pequenas empresas, entre outros detalhes. 

Esse tipo de novidade sempre gera confusões na hora de avaliar se você e sua sociedade se enquadram em alguma mudança legislativa. No caso dos advogados, a dificuldade pode ser ainda maior, pois envolvem questões burocráticas a serem estabelecidas antes mesmo de optar pelo Simples Nacional. 

Então, como solucionar essas dúvidas? A alíquota do Simples Nacional é simples mesmo? Nós vamos te ajudar a compreender o contexto e como é o raciocínio para o cálculo da alíquota. Mas lembre-se: é muito importante e mais prático contar com os serviços de uma contabilidade especializada em advogados para gerir a sua vida contábil e tributária eficientemente.

COMO O ADVOGADO SE ENQUADRA NO SIMPLES NACIONAL

Em 2015, por meio da Lei Complementar nº147 de 07/08/2015, os advogados podem se enquadrar no Simples Nacional. Esta novidade surgiu como uma grande oportunidade de reduzir a burocracia e a carga tributária da atividade, se adequando à realidade financeira dos profissionais do direito autônomos ou com micro/pequenos negócios. 

Isso ocorre porque o regime simplificado possui uma tributação menor para pessoas jurídicas em relação às pessoas físicas. A economia pode chegar a até 75% em impostos – valor que faz uma grande diferença na administração da sua sociedade de advocacia. Além disso, o Simples Nacional facilita a arrecadação de tributos através do pagamento mensal de uma única guia.

QUAL É A ALÍQUOTA CORRETA PARA O MEU FATURAMENTO?

Para identificar qual alíquota é adequada para você enquanto advogado optante pelo Simples Nacional, é necessário avaliar alguns fatores muito importantes:

  • O seu faturamento anual 
  • A tabela de faixas de faturamento do Simples Nacional
  • O cálculo para descobrir a alíquota efetiva

Estes fatores são essenciais para descobrir quanto de imposto você deve pagar no mês através da DAS, a guia única de arrecadação dos tributos. Saber corretamente a alíquota contribui para um planejamento financeiro e tributário mais efetivo ao receber os seus honorários. 

O cálculo é baseado em uma fórmula padrão que leva em consideração a sua receita bruta total acumulada nos últimos 12 meses (anteriores ao período de apuração). Caso você esteja no início das atividades da sua sociedade, deve-se utilizar o primeiro mês de atividade como receita bruta total, proporcionalizando o valor para 12 meses. Nos 11 meses posteriores, é necessário fazer uma média acumulada desses meses até alcançar o 13º mês. 

Desta forma, você consegue saber o valor do seu faturamento anual proporcionalmente. Com esta informação em mãos, deve-se consultar a tabela do Simples Nacional para saber em qual alíquota base a sua sociedade se encaixa. Com ela, você efetua o cálculo para descobrir a alíquota efetiva, que é a porcentagem aplicada na receita do mês para obtenção do valor do imposto a ser pago. 

Nós já explicamos de uma forma mais completa como fazer o cálculo do Simples Nacional. Como é possível perceber, existem muitas variáveis que interferem no resultado final e que estão em constante atualização pelo Governo Federal. Mas, optando por contratar uma contabilidade especializada, o processo é feito de forma assertiva e evita que você sofra as consequências dos erros cometidos pela falta de suporte adequado.  

AS CONSEQUÊNCIAS DE FAZER O CÁLCULO ERRADO

Os prejuízos de fazer uma escolha errada pode agravar a situação fiscal e a saúde financeira da sua sociedade, colocando em risco a sua viabilidade. Fazer o enquadramento tributário erroneamente resulta na possibilidade de pagar impostos mais altos e/ou até acarretar punições através de multas. 

Ter problemas com o Fisco pode ser uma grande dor de cabeça, o que também pode influenciar no seu dia a dia no trabalho e no desempenho do serviço, causando um efeito cascata negativo na sua sociedade. Mas existem formas de evitar esse tipo de situação. 

FAÇA DO MELHOR JEITO: CONTABILIDADE ESPECIALIZADA

Não é só no desempenho da sua profissão que é necessário ter conhecimento sobre a área: na contabilidade, isso também faz toda a diferença. Por isso, a contabilidade especializada traz diversas vantagens que contribuem para uma vida contábil e tributária mais qualificada, pois entende as suas necessidades e oferece as soluções que mais se adequam à sua sociedade. 

Saber enquadrar você no regime tributário correto otimiza a sua receita, gera economia no seu caixa e evita prejuízos financeiramente. A contabilidade especializada em advogados conhece as peculiaridades da área e pode auxiliar você a alcançar o sucesso que tanto almeja na carreira.

Se quiser saber mais sobre o cálculo do Simples Nacional, baixe o nosso e-book: Na Real. Nele, você encontra informações que vão enriquecer o seu conhecimento sobre o regime simplificado para advogados. 

Quer descobrir em qual alíquota do Simples Nacional você se encaixa? Então entre em contato conosco ou faça um orçamento online para tornar a burocracia tributária e contábil muito mais descomplicada. 

Posted in Advocacia, Contabilidade Especializada, Dicas Legais, Simples NacionalTagged , , , ,